sexta-feira, 17 de junho de 2011

A Casa Ancestral de L. - José Gonçalves Gomes

Apresentação do livro A Casa Ancestral de L., de José Gonçalves Gomes, ed. Eucleia Editora, dia 16 de Julho, pelas 17h.

LIVRO | Narrada na primeira pessoa, a partir da visão de Catarina de L., esta é uma obra onde os plano ficcional e histórico se conjugam de um modo original, sem jamais resvalar para os lugares-comuns frequentemente encontrados numa história de amor em cenário de guerra. Porque é disso que essencialmente se trata, de amor e de guerra. De uma mulher cercada, que se cerca a si mesma. De um homem que a segue incondicionalmente. De beleza que não esmorece, apesar da fome, da miséria, da degradação.

«Tenho por companhia – além da cama e do genuflexório – o Cristo crucificado. De olhar erguido ao abandono do Pai. Estremecendo ante explosões que sobre Elvas espalham a ferralha incendiária. A oração penitente que me foi ensinada, dita e redita tantas vezes quantos os meus pecados, aflora por vezes os lábios. Estranha à minha vontade, surge sem apelo, discorre seu pranto, torna por fim às catacumbas de onde emergiu. Melhor faria chorar abraçando os muros. Mas a cal conventual, que dilui o corpo, não consola. A exiguidade da cela alarga a dor. Como o fogo nas encostas, o desespero faz pasto do que alcança.»

AUTORJosé Gonçalves Gomes nasceu em 1972. Doutorou-se em Matemática e é, actualmente, professor da Universidade Nova de Lisboa. A Casa Ancestral de L. é o seu primeiro romance. 

quarta-feira, 8 de junho de 2011

25 anos Hotel Lusitano + 50 anos Rui Zink

(clique na imagem para ampliar)

Caros amigos,

É com todo o gosto que vos transmito este convite muito especial:  apareçam, por favor,  no próximo dia 16, quinta-feira, na LER DEVAGAR (Lx Factory, - R. Rodrigues Faria, 103, em Alcântara), a partir das 21h, para tomar um copo com o Rui Zink no dia em que se comemora do seu meio século de vida. Haverá champanhe lusitano, haverá Hotel Lusitano, haverá bolo de velas, nos limites do stock existente, haverá importantes revelações sobre o próximo meio século de vida literária em Portugal, já avalizadas pela troika e tudo.

Tragam os abraços! Lá os esperamos :)

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Feira na Fábrica


Senhores e Senhoras, meninos e meninas a nova Feira na Fábrica está a ponto de chegar a Lisboa e instalar os seus melhores "feirantes" no recinto da Lx Factory!!

A partir de 19 de Junho estaremos à vossa espera todos os domingos, das 11h às 19h, para vos dar a mostrar, provar e experimentar um novo programa de entertenimento domingueiro recheado de iguarias gastronómicas, tralha valiosa do passado, espécies naturais raras e peças únicas feitas à mão! 

Não sabe o que fazer aos domingos? Está farto de estar em casa em frente à televisão? Pois não hesite e venha conhecer os melhores profissionais deste universo feirante que terão muitas experiências para lhe contar, mostrar e vender!

A nossa feira ambulante vai acampar em Alcântara de 19 de Junho a 24 de Julho e não vai parar de animar esta cidade nos dias mais calmos da semana. 

Gostaríamos de convidar todos os feirantes não oficiais alfacinhas a fazer parte desta festa popular de compra e venda. Procuramos pessoas interessantes que tenham coisas interessantes para vender, seja vintage e segunda mão, artesanato urbano, comidas e plantas e até mesmo arte e design! 

Aguardamos ansiosamente pelas vossas inscrições! Se aínda não o fez não perca mais tempo vá a www.lxfactory.com e clique no flyer da Feira na Fábrica que tudo lhe será explicado no momento. A inscrição custa 10 € e já vem com uma mesa incluida! Preencha o formulário e envie-nos até 3 imagens daquilo que querem vender. Enviamos também em anexo o formulário para inscrição.

Temos cerca de 100 lugares à vossa espera por isso não deixem a oportunidade passar e venham fazer parte desta primeira edição da Feira na Fábrica.

É pró menino e prá menina tudo muito baratinho vai ver que não se vai arrepender!!! é pró menino e prá menina!!!!!

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Programa de Junho

2 de Junho - 5.ª feira
19H00 – Leituras Encenadas – “O Tempo” -, a partir do livro “Sonhos de Einstein”, org Grupo de Teatro da UITI – Universidade Internacional da Terceira Idade
21H30 - Encontros “Attac à crise”, org. Nuno Ramos de Almeida (adiado)

3 a 5 de Junho - 6.ª a Domingo
17H30 às 21H00- Exposição de objectos cinemáticos “A máquina do tempo”, apresentados por Pietro

4 de Junho - Sábado
14H30 – Tertúlia “Ideias em Ebulição”
21H30 – Conferência " Factores de risco desenvolvimental na adolescência: da métrica à prática clínica”, por José Manuel Pinto, comentada por Jorge Caiado Gomes, organização da APPPP

7 de Junho – 3.ª Feira
21H30 – Ciclo “Pensar os Pensadores do Socialismo: A Revolução, o que é?”, organização CULTRA, com Jorge Costa e José Soeiro.

8 de Junho – 4.ª Feira
20H30 - Tertúlia “Ideias em Ebulição”

9 de Junho - 5.ª Feira
17H00 - Lançamento livro " "A Alma e o engenho do currículo", de Lígia Penim, edição da FCG/FCT com apresentação de António Nóvoa
22H00 – Lançamento de livro “Auto da Fonte dos Amores – Pedro e Inês”, libreto e música de Carlos Clara Gomes e ilustrações de Pedro Sousa Pereira, edição Tradisom e Companhia de Mente

10 a 12 de Junho - 6.ª a Domingo
17H30 às 21H00- Exposição de objectos cinemáticos “A máquina do tempo”, apresentados por Pietro

14 de Junho - 3.ª Feira
21H00 – Tertúlia Cultural Parodiana (tema a estabelecer)
21H30 – Ciclo Pensar os Pensadores do Socialismo: “A Revolução, o que é? … e quem a há-de fazer?”, organização CULTRA, com Bruno Peixe e Andrea Peniche

16 de Junho - 5.ª Feira
21H00 – Sessão do 25º aniversário da edição do livro “Hotel Lusitano”, editora Planeta, e 50º do autor Rui Zink
22H00 – Tertúlia – Ciclo “Dobrando o Tempo, Dobrando uma Esquina: A informalidade do financiamento público em Portugal: desafios à regulação”, por Luís de Sousa

17 a 19 de Junho - 6.ª a Domingo
17H30 às 21H00- Exposição de objectos cinemáticos “A máquina do tempo”, apresentados por Pietro

17 de Junho – 6.ª Feira
22h30 – Ciclo de Encontros Granular “Quatro Estações" - Concerto de Verão, com João Parrinha (bateria) Monsieur Trinité e Nuno Morão (percussão e objectos) e Joana Sá (piano preparado)

18 de Junho – Sábado
18H00 - Encontros Granular "Quatro Estações" - Tertúlia de Verão - Tema: Políticas e Estratégias: Perspectivas sobre uma actualidade em crise (improvisação-abordagens,processos, problemas
22h30 – Ciclo de Encontros Granular "Quatro Estações" - Concerto “A cena do ódio” por PREC (A Cena do Ódio), com Paulo Chagas, Fernando Simões, Paulo Duarte, Paulo Ramos, João Pedro Viegas e Miguel Leiria Pereira

19 de Junho – Domingo
11H00 às 19H00 – 1ª edição da “Feira na Fábrica”. Livros, velharias, flores, música, alimentação e bebidas, gastronomia, filmes e actividades infantis. Aos domingos, até 24 de Julho
16H00 – Inauguração exposição “EYE INSIGHT”, de Tara Woundenberg (até 18 de Julho

21 de Junho – 3.ª Feira
21H30 – Ciclo “Pensar os Pensadores do Socialismo: "Olha a Revolução!" - que partidos e/ou que movimentos para a luta emancipatória?, com Ana Drago e Joana Mortágua
24 a 26 de Junho - 6ª Feira a Domingo
17H30 às 21H00- Exposição de objectos cinemáticos “A máquina do tempo”, apresentados por Pietro

24 de Junho – 6.ª Feira
22H00 – Apresentação de livro “Laranjachão, palavras a corpo nu”, de Olga Sotto, edição Salamandra, seguida de concerto

26 de Junho – Domingo
11H00 às 19H00 – 2ª edição da “Feira na Fábrica”: Livros, velharias, flores, música, alimentação e bebidas, gastronomia, filmes e actividades infantis. Aos domingos, até 24 de Julho

28 de Junho – 3.ª Feira
21H30 - Ciclo “Pensar os Pensadores do Socialismo: "Olha a Revolução!" - O estado e a revolução. Como é que isto se (des)combina?, com Carlos Carujo e Alex Callinicos

31 de Junho a 2 de Julho - 6.ª Feira a Domingo
17H30 às 21H00- Exposição de objectos cinemáticos “A máquina do tempo”, apresentados por Pietro