sábado, 30 de julho de 2011

Horário de Verão

AGOSTO 2011

LIVRARIA / GALERIA / BAR

QUARTA A SÁBADO
12H00 - 24H00

DOMINGO
15H00 - 22H00

FÉRIAS: ENCERRA DE 15 A 23 DE AGOSTO

* * * * *

RESTAURANTE MALACA TOO

ABERTO AOS ALMOÇOS E JANTARES TODOS OS DIAS

(SEGUNDA A DOMINGO)

FÉRIAS: NÃO ENCERRA PARA FÉRIAS 

sábado, 23 de julho de 2011

Poema Bar - 27 de Julho - 22h

(clique na imagem para ampliar)

Sob a égide de Vinicius de Moraes e Fernando Pessoa, Poema Bar celebra a poesia e a música de Portugal e Brasil. Nesta actuação sugerimos também a poesia do espanhol Federico Garcia Lorca, expoente incontornável da cultura ibérica. Ao som de canções e harmonias brasileiras, espanholas e portuguesas, algumas das mais belas palavras destes poetas serão ditas e cantadas pelas vozes do actor Alexandre Borges e da cantora convidada Sofia Vitória, acompanhadas pelo piano de João Vasco. Poema Bar foi apresentado pela primeira vez na Casa Fernando Pessoa, em Lisboa, e de seguida no teatro alemão “Bühne der Kulturen” em Colónia, tendo o sucesso destas apresentações já garantido o regresso do espectáculo a ambos os países. No horizonte estão também novas actuações no Brasil e junto das comunidades lusófonas. Poema Bar abraça a cultura, vivências e afectos destes povos irmãos, provando que, afinal, o mar nos une mais do que nos separa. 

+ info 

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Capitão Galvão (28 de Julho - 22h)

Capitão Galvão é uma banda de originais muito recente, composta por cinco jovens músicos oriundos dos mais diversos estilos músicas, desde os blues, ao metal e ao indie rock. O resultado é um conjunto de música rock/post/progressivo que conta com uma harmónica jazz para apimentar as coisas. Maioritariamente instrumental, esta banda conta também uma forte componente de improviso, que mantém o seu som sempre fresco e único.

Tiago Galvão Bateria | Cristovão Peças Harmónica / Voz | André Mendes Guitarra | João Gomes Guitarra | Alexandre de Sousa Baixo / Voz

ENTRADA LIVRE

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Curso Pensamento Crítico Contempoerâneo

(clique na imagem para ampliar)

A TerraFirme tem o prazer de anunciar que está a promover o curso Pensamento Crítico Contemporâneo: alguns representantes, que será ministrado pelo Professor Doutor Vítor Oliveira Jorge (actualmente aposentado da docência na Faculdade de Letras da Universidade do Porto).

O curso será composto por 8 sessões (de 21 de Outubro a 9 de Dezembro), todas as sextas-feiras entre as datas referenciadas e serão abordados os seguintes autores:

1.1. | Psicanálise: Jacques Lacan | 
1.2. | Pós-estruturalismo: Michel Foucault |
1.3. | Pós-estruturalismo: Jacques Derrida |
1.4. | Feminismo: Judith Butler |
1.5. | Pós-marxismo: Giorgio Agamben |
1.6. | Lacan com Hegel: Slavoj Zizek |
1.7. | Pós-modernidade: Jean Baudrillard |
1.8. | Pós-modernidade: Jean-François Lyotard |

Poderão optar pela participação na totalidade das 8 sessões, obtendo um desconto acentuado relativamente à outra modalidade, ou seja, a participação em sessões avulso.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Cosie Cherie - Book of Music


Concerto de lançamento do álbum BOOK OF MUSIC dos Cosie Cherie

Dia 20 de Julho, 4.ª feira, pelas 22h a LER DEVAGAR recebe o concerto de lançamento do álbum de estreia dos Cosie Cherie - Book of Music.

Este concerto reúne a música com outras formas de arte num momento de partilha único que nos transporta para um universo intimista.

A música dos Cosie Cherie é uma eterna procura de equílibrio, ritmo e rimas que nos despertam a curiosidade pela quotidiana irracionalidade que há em todos nós. Oferecem, acima de tudo, sons verdadeiros, acolhedores, quentes e felizes.

+ info Cosie Cherie + DN + Body Space + Facebook

+ + + + +

Bilhete - 12.50€ (ingresso + cd*)

* O cd deverá ser levantado no dia do concerto mediante apresentação do bilhete

terça-feira, 12 de julho de 2011

Carlos "Zingaro" + Franziska Schroeder + Pedro Rebelo + Ulrich Mitzlaff

(clique na imagem para ampliar)

Pater Noster



PATER NOSTER

Notre Père qui êtes aux cieux
Restez-y
Et nous nous resterons sur la terre
Qui est quelquefois si jolie
Avec ses mystères de Paris
Qui valent bien celui de la Trinité
Avec son petit canal de l'Ourcq
Sa grande muraille de Chine
Sa revière de Morlaix
Ses bêtises de Cambrai
Avec son océan Pacifique
Et ses deux bassins aux Tuilleries
Avec ses bons enfants et ses mauvais sujets
Avec toutes les merveilles du monde
Qui sont là
Simplesment sur la Terre
Offertes à tout le monde
Éparpillées
Émerveillées elles-mêmes d'être de telles merveilles
Et qui n'osent se l'avouer
Comme une jolie fille qui n'ose se montrer
Avec les épouvantables malheurs du monde
Qui sont légion
Avec leurs légionnaires
Avec leurs tortionnaires
Avec les maîtres de ce monde
Les maîtres avec leurs prêtres leurs traîtes et leurs
reîtres
Avec les saisons
Avec les anées
Avec les jolies filles et avec les vieux cons
Avec la paille de misère pourissant dans l'acier des
canons

Jacques Prévert, Paroles