sábado, 30 de junho de 2012

Semana de 3 a 8 de Julho


3 de Julho (Terça)
18h30 - Lançamento do livro Caleidoscópio 11211, de Ana Paula Figueira e ilustrado por Pedro Santos (ed. Calendário das Letras)

4 de Julho (Quarta)
22h - Jantares Improváveis pelo Chef Aimé e seus Amigos - Este é o mais provável dos "jantares improváveis" organizado por dois grandes chefs da gastronomia portuguesa: o Aimé Barroyer e o Cláudio Pontes, do Restaurante Tavares. 

Reservas:  jantaresimprovaveis@gmail.com  - 55€ / pax - + info 

5 de Julho (Quinta)
18h -Lançamento do livro A Cultura e os Subalternos, de Gramsci, introdução e traducção por Rita Ciotta Neves. Apresentação pelo Prof. Dr. João de Almeida Santos

6 de Julho (Sexta)
18h - Lançamento do livro Do Drama para o Dharma, de Vera Luz (ed. Editora Ariana)

21h30 - Conferência / Tertúlia Como podemos chegar a uma Europa Federal?, com Viriato Soromenho Marques, Rui Tavares e Paulo Trigo Pereira

7 de Julho (Sábado)
22h - Concerto "Mar Inteiro" - Luís Filipe Gama (piano) & Susana Travassos (voz)

8 de Julho (Domingo)
12h-20h - Feira na Fábrica

domingo, 24 de junho de 2012

Semana de 25 de Junho a 1 de Julho

27 de Junho (Quarta)
21h30 - Tertúlia Grupo Unidades Terapêuticas - Adolescentes, Psicopatologias e Acolhimento Residencial

28 de Junho (Quinta)
17h - Ciclo de Conferências Women on the move

21h - Peça de Teatro «Os Bolsos Vazios de Deus»

30 de Junho (Sexta)
ADIADO PARA DATA A ANUNCIAR BREVEMENTE - 22h - Concerto Maria João Fura (+ info)

1 de Julho (Domingo)
12h-20h - Feira na Fábrica

17h - Concerto de lançamento 'BRUME’ - Cyril Bondi [Diatribes] - percussão, objectos; D'Incise [Diatribes] - laptop, objectos; Ernesto Rodrigues – viola; Nuno Torres – saxofone alto; Eduardo Chagas – trombone; Abdul Moimême – guitarra eléctrica preparada.

terça-feira, 19 de junho de 2012

A Cultura e os Subalternos - 5 de Julho - 18h30


APRESENTAÇÃO DO LIVRO

Gramsci - A Cultura e os Subalternos

Introdução e Tradução de Rita Ciotta Neves

* * *

Gramsci, já universalmente considerado como um autor clássico, foi um homem e um pensador livre. Livre e lúcido, conduzido por uma racionalidade fria e implacável, por um rigor e uma disciplina intelectual verdadeiramente extraordinários. Toda a história da sua vida, a sua prisão nos cárceres fascistas, onde ficou por mais de dez anos, as terríveis provações físicas e morais que suportou até à morte, os confrontos duríssimos com os companheiros de partido, na Itália e na Rússia, o cruel afastamento da mulher e dos filhos, tudo isso é um testemunho da sua extraordinária personalidade e, ao mesmo tempo, da agitada e dramática página da história italiana, que vai do primeiro pós-guerra até à consolidação do fascismo de Mussolini. Gramsci foi libertado em 1937,após um calvário de prisões e graves doenças, que o levaram a morrer em Roma, no dia seguinte ao da sua libertação. Só anos mais tarde, no fim da segunda guerra e com o regresso da Itália à democracia, a sua obra começou a ser trabalhada e publicada.

quarta-feira, 6 de junho de 2012

José Peixoto - 15 de Junho - 22h


Concerto de apresentação do novo disco de José Peixoto & António Quintino - Volta - que contará com o convidado José Salgueiro  - entrada 5€.