segunda-feira, 30 de junho de 2014

Aulas de Yoga


Terças e Quintas-Feiras
Início dia 1 de Julho
Horário das 13h10 às 14h10 

Direito a uma aula gratuita 




sexta-feira, 27 de junho de 2014

terça-feira, 24 de junho de 2014

Vila Literária de Óbidos

 1ª Vila Literária em Portugal 

"Em Óbidos está a nascer a primeira "cidade do livro" em Portugal. Chamam-lhe 'Vila Literária' e está a encher espaços tão invulgares como igrejas com livros novos e usados. Tudo isto, numa só localidade, que, para reforçar a aposta turística, serve também de palco a festivais literários."




"Na Vila Literária de Óbidos existe, atualmente, aquela que é a maior oferta de livros em Portugal", revela José Pinho (Responsável pela iniciativa) 

+ info aqui 

LerDevagar 

 The Wall Street Journal


http://online.wsj.com/articles/insiders-guide-to-lisbon-portugal-1403282275

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Projecto Incógnito | Dia 28 | 19h00



INCÓGNITO é um projecto facilitador de aquisição de peças de autor. Ao acreditar na honestidade do projecto lacrado, recompensa-se o espectador com a possibilidade de adquirir peças a valores mais acessíveis.Podem integrar um INCÓGNITO todos os elementos que o autor achar convenientes e que complementem o seu trabalho: indicações de montagem, esquiços ,etc..


Mais informação em:

http://www.facebook.com/Centropontoarte
http://centropontoarte.wix.com/incognito

O que é o Poetry Slam ? | Dia 28 | às 16h00 | Debate

O que é o Poetry Slam ?


Debate aberto entre um painel de convidados e o público, em torno do Poetry Slam, em que serão lançadas questões como:
- O formato de competição e a componente de expressão artística são compatíveis?- Performance versus texto: uma relação equilibrada?
- O Slam uma ferramenta de atração das camadas mais jovens para o universo das letras ou de exclusão das camadas mais velhas?
- Poesia e Slam: companheiros ou rivais?- O público e o Slam: quem influencia quem?

Moderadora:  Raquel Lima (Coordenação Geral do PortugalSLAM!)


Convidados nacionais:Tiago Gomes (poeta e fundador da revista Bíblia), Alex Cortez (fundador do Festival Silêncio e organizador do SLAM LX), Cristina Borges (formadora dos cursos de poesia da escrever escrever) e Catarina Nunes de Almeida (poeta / investigadora)


Convidados internacionais:Philip Meersman (Coordenador da European Poetry Slam Network, Bélgica), Brice Verdure(membro do Colectivo Slam Tribu, França), Saiban (membro do Colectivo Slam Tribu, França), Jann Malin (fundador da DAstrugistenDA, Estónia) e Annalísa Marí (Presidente da Associação de Poetry Slam Espanha e co-fundadora do Poetry Slam Mallorca)




https://www.facebook.com/events/288303884675096/    |  http://portugalslam.com/programacao/28-junho-sabado/  |  http://portugalslam.com/programacao/

Lançamento | Dia 26 | 21h30

  
   Revista Portuguesa de Psicanálise: Lançamento
A Revista Portuguesa de Psicanálise (RPP) é o órgão oficial da  Sociedade Portuguesa de Psicanálise filiada à International  Psychoanalytical Association (IPA) e à European Psychoanalitycal  Federation (FEP). Publica artigos originais de natureza teórica e  clínica, no campo estrito da Psicanálise, e artigos de Psicanálise  Aplicada, nomeadamente, à Literatura e à Arte. Está aberta a  contribuições complementares ou adjacentes, de natureza científica,  filosófica ou histórica, e ainda a elaborações literárias relevantes  para o pensamento psicanalítico. Publica não só artigos de autoria  portuguesa mas também trabalhos oriundos de outros países.
A RPP foi fundada em 1985, e publicou até à data 42 números, que  demonstram a sua vitalidade. O seu último número – 34[1] – apresenta  uma importante renovação gráfica, cujo dinamismo e estética acompanham  a diversidade e a riqueza dos seus conteúdos científicos nacionais e  internacionais.

Apresentação da aplicação Rushmore | Encontros | 16h00 às 18h00

Quinta- Feira, Dia 26


Ler Devagar: Teatro | A inexistência de Eva

A Inexistência de Eva

Dia  24, 25, 26 e 27 às 21h30

Dia  27 e 28  às 17h30 

Texto  de Filipa Leal 
Interpretação Ana Lopes Gomes 





"Era uma mulher que estava dentro de uma sala muito branca. Ouviu: Não fujas. Não esqueças."

Assim começa " A inexistência de Eva", livro de Filipa Leal agora pela primeira vez em palco. Eva não é a primeira de todas as mulheres, mas a primeira a habitar aquela sala branca. Neste longo poema, há uma voz que parece ser a da tentação, mas que tenta convencê-la a não tentar, a não ousar, a não abrir a porta. Eva acaba por descobrir isto: ainda que aprendamos a amar a realidade, jamais a compreenderemos. (...) "

"A tentação é, por vezes, a voz da consciência. A tentação nem sempre está próxima do pecado nem da serpente nem da maçã, mas dessa voz diária que ouvimos e que vem de fora ou de dentro do terror, essa voz que nos tenta não no sentido do pecado mas na direcção de um caminho que se fecha como um muro. Fechar o caminho poderá ser o pecado do nosso tempo. Esse texto recusa o pânico. Santos da Casa às vezes fazem milagres. Neste caso, é o milagre do mar." 

Página do Facebook : https://www.facebook.com/pages/A-Inexist%C3%AAncia-de-Eva/1407141432897740