segunda-feira, 4 de abril de 2016

Apresentação do Livro "28" > Mário São Vicente > 10 Abr > 16h


Um raio amarelo na vida de Lisboa. 

O novo volume da colecção de fotografia de Amieira-Livros é inteiramente dedicado ao eléctrico 28, que nos últimos anos se tornou numa imagem de marca de Lisboa.

“28” foi fotografado por Mário de São Vicente, que ao longo de seis meses percorreu numerosas vezes o percurso que atravessa Lisboa, de Campo de Ourique ao Martim Moniz, subindo e descendo as colinas da cidade. O 28 passa pela Estrela e o Chiado, vai até até à Sé e à Graça, descendo depois a estreita rua das Escolas Gerais. No 28 misturam-se os lisboetas que lhe continuam fiéis e os turistas que querem experimentar ver Lisboa de outra maneira. Há fiéis que todos os dias o utilizam como meio de transporte e há os curiosos que sobem apenas para passear e ver as vistas.

O que Mário São Vicente fez foi olhar para o 28 de outra maneira - mostrando quem o habita, os sítios por onde passa, pormenores da máquina e de quem nele é transportado, as vistas da cidade que ele percorre. Este “28” é também o retrato do coração de uma cidade, visto com a atenção de quem nela gosta de olhar o mundo. Foram dias passados a fotografar quem o conduz, quem nele se transporta, os sítios por onde passa, os locais onde se desce para melhor ver pormenores de Lisboa.

Nos últimos anos o 28 tornou-se num ícone de Lisboa, reproduzido em postais e t-shirts, em mil objectos de recordação que evocam a sua cor e perpetuam a sua presença nas memórias de quem visita a cidade e vê aquele veículo clássico, amarelo-vivo, percorrer as suas ruas.

Pela primeira vez Amieira,Livros propôs a um autor um tema - o eléctrico 28 e a cidade à sua volta - desafiando-o a a mostrar a sua visão pessoal. Nesse sentido, este “28” é um ensaio fotográfico que Mário São Vicente fez sobre uma realidade que bem conhece desde a infância. E o resultado final não podia ser melhor.

O AUTOR
Mário São Vicente, tem 42 anos, nasceu e vive em Lisboa, é casado com a Rita e tem três filhos, a Maria, o Francisco e o Vasco, tem uma máquina fotográfica e é um amador de fotografia. Em tempos sonhou que poderia ser um colecionador de fotografia, mas depois acordou e percebeu que não tinha dinheiro para isso. Licenciado em Comunicação Empresarial, foi jornalista durante dez anos e hoje trabalha em comunicação. Pertence aos quadros do Banco Comercial Português e em Janeiro de 2016 foi nomeado Diretor de Comunicação do Gabinete do Primeiro Ministro, António Costa. Este é o seu primeiro livro de fotografia e foi feito com uma Fuji X- Pro 1 e apenas três lentes: uma Fuji XF 23mm f1.4, uma Zeiss Planar 50mm f2 e uma Leica Elmarit 90mm f2.8. As fotografias foram registadas no decurso do segundo semestre de 2015.