segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Performance Transe > 29 NOV > 18H00



Instalação / Performance
TRANSE

A palavra transe vem do verbo “entrega de si”. O artista imerso em suas próprias águas, trazendo de lá a cena do seu corpo, as imagens impressas na tela. Nesse sentido, é uma epifania que dá vazão ao inconsciente sendo assim, mais do que um processo de criação.
Volume e percepções alcançados voluntariamente pelo artista
Resposta fisiológica e focada em situações em que o artista se submete pelo próprio desejo, no mimetismo das cores. 
Viscosidade
Os processos mentais fazendo “loops” na interface entre o sonho e a vigília
Pode ser alcançado com psicotomiméticos
Experiência de uma primavera do inconsciente 
Tempestade
Shakeaspeare: “ Somos feitos da mesma substância de que são feitos os sonhos”. 
Continua: “ Nossa curta existência está contida no período de um sono”.
Nitidez sob regência de uma mente que rompe com a lógica e com a razão
Não se pode reproduzir em um procedimento operacional científico, se tratando de uma experiência intransferível.
A palavra “transe” vem da constelação “Ação de inspirar” 
14.0. Disciplinas e correntes místicas: yoga, asanas,mudra, pranayama, sufismo, meditação, oração, hipnose, shamanismo, umbanda, biodança, caminhada, coito, sexo
15.0. Do latín “transire”: transitar, transportar-se, cruzar, passar por cima.
16.0. Chegar ao ilimitado e inominável “Qi”

_________________________________________________________________

O artista Rafael Cabral em suas múltiplas facetas, ao construir sua obra absorve e é absorvido por ela, e pelo que o cerca. Expurgando para fora o que não lhe cabe mais. Uma transmutação, bem conduzida pela cor, que o leva ao seu interior mais profundo. O processo é: o movimento de manipular as matérias, de confundir a mente, de trazer à luz para o lado sombrio. Interior e exterior. O brilho é apenas um reflexo momentâneo da cristalização de uma vida...
Nesta aparição em Lisboa, Cabral inicia seu processo com uma performance onde ele próprio em uma ação de 4 horas seguidas em Transe, constrói  uma obra.